Bartwist

“La Hechicera é para apreciadores de whisky ou conhaque” – Martamaria Carrillo

Sócia-Fundadora La Hechicera 08 Dezembro 2019

La Hechicera é uma marca colombiana de rum. Muito jovem e, por isso, alguns dos feitos que já atingiu impressionam. O Bartwist entrevistou uma das sócias fundadoras, Martamaria Carrillo, no recente Bar Convent Berlin (leia a nossa reportagem). 

Bartwist - Entrevista Martamaria Carrillo - La Hechicera

O que é o La Hechicera? 
La Hechicera é um rum colombiano, produzido em Barranquilla, cidade situada no Norte da Colômbia. Somos a única família privada que produz rum na Colômbia, a família Riascos. Esta família faz rum, no país, há mais de 20 anos, produzindo e vendendo a granel. Mas, há sete anos, com a terceira geração, Miguel Riascos, Laura Riascos e eu, decidimos pegar nas barricas mais antigas da adega familiar e comercializar o que é hoje em dia La Hechicera. O nosso rum é uma mistura de runs envelhecidos, de 12 a 21 anos, em carvalho branco americano, ex-bourbon, usados uma vez, e que passam diretamente do barril à garrafa. 

Isto significa que o rum La Hechicera tem muitas características do bourbon. É um rum amadeirado e seco, mas realmente muito suave. No nariz tem notas de coisas clássicas colombianas, como café e chocolate e também um pouco de casca de laranja e da baunilha do bourbon. Na boca é muito mais seco. Tem pimenta, tabaco e madeira. Existe, portanto, um contraste entre nariz e boca muito interessante. 

A marca tem aqui alguma novidade mundial ou apenas produtos já conhecidos?
O La Hechicera foi lançada em 2013 – a Reserva Familiar. Lançámos no Reino Unido, que foi o seu primeiro mercado. Participámos em todos os concursos e competições de degustação e de qualidade e somos, hoje em dia, o rum mais premiado na história da Colômbia. Logo a seguir ao Reino Unido, lançámos na Colômbia, ainda em 2013, e atualmente somos o rum premium mais vendido no nosso país. Estamos em mais de 20 países europeus, mas a Colômbia é o nosso mercado principal. 

Qual é o mercado europeu onde vendem mais?
França. Depois vem Itália, Alemanha, República Checa. Estamos também na Suíça e nos países nórdicos.

O que é tem de diferente o rum colombiano dos runs feitos noutros países? 
O que referi: é seco, amadeirado e envelhecido em barricas entre 12 e 21 anos, sendo a seguir colocado diretamente na garrafa. Além disto, não tem aditivos. Finalmente, o que se encontra noutros runs dos quais nos distanciamos e que são também da América do Sul, é que tendem a ser um pouco mais doces. Por isso, La Hechicera é para um perfil de pessoas distintas. Para quem é apreciador de whisky ou de conhaque. 

A marca aposta em combinações entre rum e comida?
Estamos sempre à procura de casamentos. Por exemplo, um bom charuto funciona muito bem com La Hechicera. Outra boa associação é com chocolate e, no nosso caso, com chocolate colombiano. Também estamos a trabalhar a coquetelaria porque entendemos que, para posicionar uma marca premium, também é  importante participar nos eventos mais importantes. Hoje, por exemplo, temos um Old Fashioned e estamos a fazê-lo com o que se chama o xarope Gold, que é açúcar desidratado que trazemos de Colômbia. Este açúcar é menos doce do que o açúcar refinado. Então, juntamos o xarope e temos um Old Fashioned. Pode-se também fazer um Mojito com ananás para fazer sobressair as frutas tropicais da Colômbia. O La Hechicera é bom puro ou com gelo, mas também funciona muito bem em distintos cocktails. É versátil.