Bartwist

“É necessário ligarmo-nos às pessoas que conhecem o setor” – Enrique Mena

Export Sales Manager - Fentimans 02 Fevereiro 2020

A Fentimans é uma marca britânica que produz Ginger Beer desde 1905 e dispõe atualmente de uma gama alargada de mixers. O Bartwist falou com o Export Sales Manager da marca, Enrique Mena, durante o Bar Convent Berlin, e ficou a saber mais sobre o universo das bebidas espirituosas e de como este dá as boas vindas às ideias dos influenciadores. 

Mais de um século depois da fundação, o que é hoje a Fentimans?
É uma marca britânica, que existe desde 1905 e continua a ser uma empresa familiar. O atual dono pertence à terceira geração da família do fundador. A empresa está sediada no norte de Inglaterra, próximo de Newcastle. Está muito enraizada no Reino Unido. É uma marca de toda a vida no Reino Unido, em especial a partir da Ginger Beer, que foi o produto com que nasceu a Fentimans. A partir daqui, fomos fazendo diferentes produtos, utilizando sempre a mesma base de produção, que é uma imagem de marca da Fentimans, a utilização da fermentação botânica. É uma caraterística especial da Fentimans. 

O produto mais conhecido é a Ginger Beer?
Sim, continua a ser o nosso produto estrela. Na empresa, a Ginger Beer tem sido sempre a melhor. Fora de Inglaterra, trabalhamos já com 65 países. Além da Ginger Beer, que é o nosso produto forte, esta faz parte da linha de refrescos, soft drinks premium, e temos também os mixers premium. A Ginger Beer é um produto particular, que engloba as duas categorias. Pode usar-se tanto como refresco, como é usado tradicionalmente em Inglaterra desde há muitas décadas,  e também se usa muito como misturador para rum ou vodka, como no Moscow Mule ou no Dark ’N’ Stormy, para a coquetelaria. 

Estão a apresentar um novo mixer no Bar Convent Berlin?
Em cada ano, lançamos novos sabores no mercado, tanto de refrescos como de mixers. Em particular, este ano e este mês [outubro de 2019] lançámos um novo mixer que é a nossa Tropical Soda. Lançámos no mês passado [setembro], em Londres, para o mercado britânico, e aqui estamos a lançá-la para o mercado internacional, de exportação.  

É um produto para o bar, para o profissional…
Sim, o Bar Convent Berlin é uma feira mais vocacionada para a coquetelaria, mixologia. Nós estamos posicionados no nível premium e os bartenders, os mixólogos conhecem bem a Fentimans como líder do setor premium. Não somos os únicos, mas somos os melhores. Isso é claro. Temos galardões que o comprovam e aqui estamos mais focados no universo dos bartenders. 

O mercado português é pequeno para a Fentimans? 
Bom, não são os Estados Unidos da América. Mas Portugal é um mercado importante ao nível das bebidas espirituosas, dos vinhos, da gastronomia. É um mercado bem conhecido. 

Para vocês é relevante venderem em Portugal? 
Sim, temos a necessidade de estar no vosso mercado porque estamos em todos os mercados à volta de Portugal. Não conseguimos posicionar-nos com um distribuidor no mercado, o que me parece uma pena porque Fentimans é um produto ideal para o mercado português, tanto ao nível da mixologia ou coquetelaria tradicionais, mas inclusive também para tendências como o Porto Tonic. Este seria um produto para o qual temos uma grande variedade de sabores para o consumidor português.

Houve alguma experiência no passado que não singrou?
Tivemos muitas conversações com empresas do setor, mas, até ao momento, não demos ainda o primeiro passo. Esperamos que, dentro de pouco tempo, sim, possamos estar presentes, mas, de momento, não podemos dizer que estamos. Indiretamente, há muita gente gente a vender em Espanha, logicamente, mas não estamos implantados com um distribuidor em Portugal. É uma pena, porque creio que a marca merece que Portugal tenha representação da Fentimans.  

Qual é a situação perfeita para beber Fentimans?
A situação perfeita é, qualquer consumidor, em qualquer lugar, que queira realmente obter uma bebida de qualidade e que esteja disposto a partilhar com os seus amigos, a sua família, momentos especiais. Sempre que queremos algo um pouco melhor, a opção são as marcas mais premium e, logicamente, na hora de agradar às amizades, família, ocasiões especiais é o momento Fentimans, em todos os estabelecimentos horeca premium, em todo o mundo.  

O vosso novo mixer combina bem com que cocktail? 
O novo mixer foi desenvolvido para completar a nossa gama de tónicas que temos, por exemplo, para as genebras. Esta tónica soda foi feita com o rum em mente. Foi desenvolvida com bartenders de topo, em Londres, foram eles que desenvolveram o sabor e combina perfeitamente com a tendência que assistimos hoje em dia de crescimento do rum. A genebra teve um boom a nível de premium e agora estamos a notar, há algum tempo, que o rum vai ganhando também algum terreno. O rum especiado, rum premium de diferentes procedências, e temos a Tropical Soda para complementar a possibilidade de fazer uma bebida premium com rum. 

As marcas, hoje em dia, recorrem a bartenders de topo para desenvolver bebidas?
Sim, porque, ao fim e ao cabo, os bartenders, os mixólogos, são as pessoas que estão a influenciar muito nas redes sociais e eles conhecem o mercado, as tendências do público. Os influencers estão a influenciar em todo o mundo, em todos os setores. Seria estúpido negá-lo. É necessário ligarmo-nos às pessoas que conhecem o setor, que estão a desenvolver novos sabores, que estão a experimentar. São os que podem abrir essas possibilidade aos consumidores e dar um pouco a conhecer a possibilidade de as pessoas usufruírem de coisas similares em suas casas, em celebrações, na descoberta de novos sabores.