Bartwist

Um óasis urbano no fjord de Oslo

06 Junho 2019 Redação

Já planeou a sua próxima viagem? Se tiver Oslo nos seus planos, então não pode deixar de visitar a Opera House, o Palácio Real, o porto de Oslo, Aker Brygge e, principalmente, o The Thief Roof Bar.

O dia será composto por passeio ininterrupto pelas ruas de Oslo, ou até pelos vários cruzeiros realizados no fjord, mas o pôr-do-sol pede uma visita a um espaço que não aparece nos guias turísticos, pelo menos com a mesma facilidade que os acima descritos.

Situado no bairro peninsular de Tjuvholmen, vizinho do Aker Brygge e da Câmara Municipal de Oslo, o seu nome remonta ao século XVIII, numa zona na qual os tjuv (“ladrões”) eram executados. Porém, desengane-se se pensar que a área é de riscar do mapa. Hoje, com nuances bem mais positivas, numa das zonas mais interessantes da cidade, o hotel que dá o nome ao rooftop pretende “roubar-nos” do quotidiano diário, numa experiência de sabores, sensações e memórias que vai querer guardar consigo.

No rooftop será acompanhado por uma paisagem urbanística, pelo magnífico Oslojord, e por um menu composto por opções de comida rápidas e leves, cervejas, cocktails de assinatura, e ainda uma seleção de vinhos, espumantes e champanhe internacionais.

A média de preços das refeições ronda as 235 coroas (cerca de 24€), sendo os cocktails tabelados a um único preço de 168 coroas (17€), com uma natural diferença na secção de vinhos e espumantes.

Caso esteja a planear as suas férias entre abril e finais de outono, está com sorte pois o The Thief Roof Bar apenas está aberto nessa altura, dispondo de aquecedores, teto e paredes de vidro basculantes, para os dias mais frescos ou chuvosos.

Nesta época do ano não poderá ver auroras boreais – nem tão a sul como em Oslo, nem com tanta luminosidade vinda da cidade – mas as vistas deste rooftop irão certamente compensar a visita.